O surgimento da Classe M (marblehead) em maio de 1931 nos Estados Unidos deu-se em  circunstâncias especiais. Antes dele, duas classes oficialmente reconhecidas, a Classe  “A” e a “6M”, que eram maiores que a Classe M exigiam controle de peso e volume em  suas construções. Procurando simplificar, o Sr. Roy L. Clough, naquela época Comodoro do Marblehead  Yacht Club, na cidade de Marblehead, Massachussetts, USA, idealizou um modelo de  barco que tivesse como limite o comprimento de 50 polegadas e a área vélica de 800  polegadas quadradas, isto para facilitar manobras em navegação e o transporte do  veleiro.  A popularidade da classe Marblehead (M) foi praticamente instantânea. Por volta de 1934,  existiam  mais  de  1.000  barcos  em uso nos Estados Unidos. Em agosto de 1937, este  pequeno veleiro foi oficialmente reconhecido pela I.M.Y.R.U. - International Model Yacht  Racing Union (atual IRSA - International Radio Sail Association), participando, naquele  mesmo ano, da regata Fleetwood International. Desde  seu  lançamento  até  os  dias  de  hoje estima-se que já foram construídos mais  de 1 milhão de veleiros da classe M. 
Nas décadas dos anos 60 e 70 grupos de velejadores da classe M V/C (leme de vento)  reuniam-se em diversas regiões por este Brasil. A partir de 1965 aconteceu a fundação de  diversos clubes, no Rio de Janeiro os clubes  CCMN – Clube Carioca de Modelismo Naval,  CRM – Clube de Regatas de Modelos, CJ – Clube dos Jagunços em torno do Tanque de  Modelismo do Aterro do Flamengo (1965), em São Paulo no Tanque do Modelódromo do  Ibirapuera (1968) era fundado o CNSP - Clube de Nautimdelistas de São Paulo, em Porto  Alegre a beira do lago do Parque dos Açorianos no ano de 1970 o CNM - Clube de  Nautimodelismo Minuano realizava seus primeiros eventos após a inatividade por  aproximadamente 10 anos, vale lembrar que o Clube Minuano foi fundado em 1958 ( hoje  atual AGVRC - Associação Gaúcha de Vela RC). Em 1979 aconteceu a fundação da APN -  Associação Paulistana de Nautimodelismo (atual APVRC - Associação Paulista de  veleiros R/C).   A partir de 1972, com a chegada dos primeiros rádios controles iniciou-se uma nova era  para os veleiros Marblehead, agora dotados de controles sobre leme e velas.   No período de 1975 a 1979 aconteceram vários encontros entre estados, tais como,  Paulista X Cariocas, Paranaenses X Paulistas e Paranaenses X Gaúchos, todos de forma  independente.   1980 ano que aconteceu a 1º Regata Anual Brasília de Nautimodelismo onde todos os  estados representados por seus clubes enviaram suas equipes, reunindo neste evento os  estados de Goiás, São Paulo, Paraná e o Distrito Federal.   Devido sucesso deste encontro aconteceu no primeiro semestre do ano de 1981 o 1º  Campeonato Brasileiro da Classe Marblehead Rádio Controlado na cidade de Curitiba. 
História do Veleiro Marblehead
O veleiro Marblehead no Brasil
Maiores vencedores em brasileiros
Campeôes Mundiais
Aviso de Regatas
eventos realizados
A organização do evento disponibiliza o Aviso de Regatas para download no link ao lado.
Inscritos 
Inscrições
Acesse o formulário de inscrição no link ao lado.
2012
2016
2014
2013
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10
Velejador Célio A.V. de Souza Roberto Mittelztatt Wilson R Radtke Jr Jorge Bercht Paulo Krinke João Luis kesikowski Paulo Stier Henning Kunow João de Deus Assis Filho Roberto Alvarenga Assis      
Numeral BRA 61 BRA 54 BRA 14 BRA 13 BRA 17 BRA 154 BRA BRA BRA 40 BRA 41  
Nome do barco Black PapaToy Big Red Fatati 2 Abudabhi Owahee  
Modelo do barco The Best The Best Enigma The Best The Best The Best    
Fabricante Peter Stolery Paulo Stier Paulo Stier Yan Cole João de Deus Paulo Stier Paulo Stier Paulo Stier
Frequência 2.4 Ghz 2.4 Ghz 2.4 Ghz 2.4 Ghz 2.4 Ghz 2.4 Ghz 2.4 Ghz 2.4 Ghz 2.4 Ghz 2.4 Ghz
Clube FCMAV FCMAV CMAV AGVRC FCMAV ITC ITC ITC FCMAV FCMAV  
Origem SC SC SC RS SC PR PR PR SC SC
Confirmação
Flag Counter
Atenção:  Data do evento alterada Atenção:  Data do evento alterada
RESULTADO FINAL 1ª ETAPA